segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Ciclo de conversas online | Exposição ‘Refracções Camonianas em Artistas do Século XXI - Ut Poesis Pictura’

 Convidamo-lo(a) a acompanhar o ciclo de conversas, que se inicia hoje, 22 de fevereiro, e que se desenvolverá ao longo de março e abril.

 

Assista aqui à sessão inaugural: https://youtu.be/z23wHRNxJ-A

 

Assim que o Museu reabrir poderá visitar esta exposição, que se irá prolongar até 28 de abril 2021.

 

Estamos em confinamento mas sempre perto de si! #culturaON




quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

'Desconfinando o Museu'

Azulejo

Este azulejo, figurando um leão parado, foi provavelmente fabricado em Sevilha, no período em que coexistiram as técnicas de 'corda seca' e 'aresta' usadas para isolamento dos diversos esmaltes coloridos. Pertenceu à coleção de António Augusto Gonçalves.

 

Azulejo
1500-1525
12,5x12,5cm
MNMC11776

 

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

'Desconfinando o Museu'

Santa Ana, a Virgem e o Menino

 Este conjunto escultórico, saído das oficinas conimbricenses no gótico final, é uma obra anónima. Figuração de grande ternura, representa as três gerações da família de Cristo, numa alusão simbólica às três idades do ser humano e à transmissão do saber e da fé. A avó, de cabeça velada, sentada num banco almofadado, segura um livro fechado na mão direita e envolve com o braço esquerdo a filha, sentada no seu regaço. Maria, coroada, repete o gesto, sustentando Cristo, enquanto toca o peito de Santa Ana. Esta imagem pertenceu ao portal do Convento de Santa Ana de Coimbra, transferido em 1934 para a fachada da igreja de São João
de Almedina, anexa ao Museu.

 

Santa Ana, a Virgem e o Menino
1500-1525
108x59,5x42cm
MNMC2622

 

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

NO DIA DE HOJE…

A 5 de fevereiro assinala-se o dia litúrgico de Santa Ágata. Nascida na Sicília, na primeira metade do século III, foi martirizada durante as perseguições movidas pelo imperador romano Décio. Acusada pelo procônsul Quinciano de ser cristã e de ter auxiliado escravos, foi encarcerada e torturada. De acordo com a tradição, os seus seios foram arrancados com tenazes, tendo falecido imolada pelo fogo. Após a sua morte, a região foi abalada por um forte tremor de terra. Santa Ágata é por isso invocada contra os terramotos e protetora das doenças na área da mastologia.

Apresentamos este martírio, através do pormenor, de um segundo plano, retirado da pintura a óleo sobre madeira de carvalho, do século XVI (MNMC2552), exposta no piso 1, na Galeria de Pintura do MNMC, que representa, em primeiro plano, Santa Ágata, sustentando uma palma com duas coroas abertas, aludindo ao martírio de que foi alvo e remetendo assim para esta cena secundária.
Conheça mais detalhes sobre esta obra em: http://www.matriznet.dgpc.pt/…/Obje…/ObjectosConsultar.aspx…

 

 

(MNMC2552)

 

'Desconfinando o Museu'

Relicário

 O relicário do Santo Lenho, que foi propriedade da Rainha Santa Isabel, combina com a excelência de diferentes matérias: o coral, a prata dourada e os esmaltes. Além do seu valor como símbolo heráldico, participa de uma visão codificada da obra de arte, em que tudo – materiais, formas, cor – é simbólico.

 

Relicário
1300-1350
53,2 x 20 cm
MNMC6036

 

Meia Hora no Museu | Visita virtual | Pe. Nuno Santos | 07 fev. | 18h

A AMIC - Liga de Amigos do MNMC apresenta no próximo domingo, 07 de fevereiro, às 18h00, a segunda sessão da rubrica online 'Meia Hora no Museu' com o convidado Pe. Nuno Santos (Reitor do Seminário Maior de Coimbra), que irá apresentar o seu olhar sobre a obra ‘Deposição’, século XVI, (MNMC2532), que pertenceu a um políptico destinado ao altar-mor da igreja do Mosteiro de Santa Maria de Celas, adquirido no Norte da Europa em 1525, pela abadessa daquele mosteiro, Dona Leonor de Vasconcelos, em exposição na galeria de pintura flamenga do MNMC.

Aceda via Zoom em: Clique Aqui

ID da reunião: 879 4790 0053
Senha de acesso: r3x8nd

Participe!