sábado, 27 de junho de 2020

Celebração dos 7 anos da classificação do Bem 'Universidade de Coimbra - Alta e Sofia' Património Mundial da Humanidade pela UNESCO

SETE são as maravilhas do mundo, as notas musicais, os dias da semana. Segundo a Bíblia, Deus criou o mundo em seis dias e descansou no sétimo, fazendo dele um dia santo. Sete simboliza a renovação, entre vários significados que lhe são atribuídos.
Foi este o número que pautou o final de tarde da segunda-feira passada, no MNMC, na celebração dos 7 anos da classificação do Bem 'Universidade de Coimbra - Alta e Sofia' como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, figurando o MNMC como membro desde 7.7.2019.
Comemorámos com a rúbrica #versoREverso da obra de arte, num encontro entre 7 peças da coleção do Museu e a declamação de 7 poemas, seguindo-se a atuação do coletivo de 7 mulheres ‘Segue-me à Capela’. 






Sem comentários:

Publicar um comentário